21.7.14

Texto: Não se esquecer


E eu espero que a gente não desista das coisas que nos fazem feliz. Que por mais que estejam complicadas e difíceis, não troquemos, tentemos concertar. Que de pouquinho em pouquinho vá renascendo aquele sentimento bom de coisa nova, como se fosse a primeira vez. Que a gente não desista das pessoas, mesmo aquelas que não fazem questão. Ainda acho que são elas as que mais precisam de atenção.

E não desista de tentar mais uma vez, e mais uma vez, e quem sabe de novo. Uma hora dá certo, de um jeito ou de outro, tem que dar. Então que a gente não esqueça, não substitua e muito menos abandone o que existe dentro de nós. E de uma vez por todas, espero, que a gente não desista de quem a gente é. Que se assuma, bata no peito com garra e de mansinho vai voltando aqueles sorrisos que só a gente era capaz de se dar.


14 comentários: