30.12.13

SOS intercâmbio


Intercâmbio pode ser o sonho ou o pesadelo de muita gente. O que parece ser as mil maravilhas pode se tornar uma situação bem chata e complicada quando não organizada com calma e antecedência. Aqui vai algumas dicas, ou melhor, um SOS intercâmbio para quem quer a todo custo fazer intercâmbio mas não sabe nem por onde começar.Vamos por partes para não deixar nada passar em branco e aproveitar ao máximo a viagem. E ah, nos projetos aqui da blogueira que vos escreve  está entrando um intercâmbio até o final do colegial viu. Fiquem de olho!

Escolha o lugar: Primeiro passo, para onde você quer ir? Ao pensar nisso avalie 2 critérios: Que língua e que cultura você gostaria de aprender. A partir dai começamos a jornada ''intercâmbiar''(Eu sei, essa palavra não existe.).Se pensar em dois países diferentes comece a pesquisar quanto fica as passagens do País 1 para o País 2. Exemplo: Dos EUA para Paris. Ou é claro separe em dois intercâmbios diferentes.
Antecedência: Passagens, reservas e matriculas devem ser feitas com bastante antecedência, quanto mais melhor. E um mês antes da viagem dar uma conferida se todas as coisas estão de acordo.

Domínio mínimo da língua: Entendo, você quer um intercâmbio para aprender a falar tal língua. Acontece que, se você chegar em um lugar e não saber absolutamente nada da língua falada pode acontecer de você passar até fome. Então meses/ou anos, vai saber/ antes da viagem aprenda o básico daquela língua para PELO MENOS conseguir sair do aeroporto e chegar em casa. Mentira, aprenda o máximo que você conseguir ''autodidatimente'' e use o intercâmbio apenas para adquirir fluência. Ps. Não precisa entrar em um curso particular e gastar horrores, aprenda na prática mesmo, com séries e cursos online.

Custos x Economias: Economize o máximo que você puder, pesquise histórias de quem já foi para o mesmo lugar e veja quanto essa pessoa gastou para poder ter uma ''noção''. Se puder faça uma tabela de quanto você gasta por mês aqui no Brasil, e quando já estiver lá faça outra tabela com os gastos do primeiro mês. E se puder leve uma pequena quantia (Ou muita, depende do seu estado financeiro) para comprar algumas novidades e mimos que achar por lá.
Agências/Cursos populares: Dê atenção as agências de viagens e cursos mais populares. Pergunte para amigos que já fizeram intercâmbio e procure sempre as avaliações para saber se está entrando em algo seguro.

Treine antes: Para não causar muito nervosismo na hora treine antes em sites de conversação estrangeira. O melhor desses sites é que você conhece pessoas do país que você vai visitar e ainda aprende umas gírias. Porém nada de passar suas informações ou algo do tipo, use isso apenas como um ''contato profissional''.

Compare as passagens: Entre em vários, repito: vários sites para comparar as passagens. Anote tudo em um papelzinho e faça uma boa análise de preço.

Convide alguém: Pode ser um amigo ou um familiar, chame alguém para fazer o intercâmbio com você. Assim as coisas se tornam 50% mais fáceis e vocês podem se ajudar bastante. Na falta de amigos com grana ou com coragem, que tal chamar a mãe/pai? Adultos também aprendem viu, ram.
Pesquise sobre as leis do país:  Alguns países tem leis na quais você nem imagina. Então para não fazer feio procure sobre as leis do próprio e se puder até coisas que os moradores consideram ''ofensas'' ou falta de educação.

16 comentários: