19.11.13

Texto: Doce Novembro


E ao final de cada etapa de nossa vida o que nos resta é lembrar do começo. A saudade se baseia nas lembranças, talvez não do meio ou do final mas sempre do começo. Isso acontece porque no começo é sempre tudo bom, calmo.. Talvez porque quando acabamos de conhecer uma coisa não queremos destruí-la de cara, ainda temos um pouco de valorização por ela. Ainda queremos ver até onde ela pode nos surpreender e o que ela pode nos oferecer.

De qualquer forma, Novembro trouxe consigo ofertas tentadoras de um recomeço. Eu resisti. Resisti até que essa decisão não dependesse mais de mim, quando menos esperei me toquei que não estava mais no começo, já estava no fim. Achei ''fim'' uma palavra pequena demais para causar tanto desconforto, achei mais digno chamar aquilo de ''recomeço''. 

Perdoei algumas de minhas lembranças, perdoei o suficiente para tentar não lembra-las mas mesmo quando isso acontecesse não se magoar. Algumas coisas começaram a ser reconstruídas. Alguns diálogos recomeçados, algumas relações reiniciadas,corações desgastados, caminhos para serem seguidos, planos descartados e promessas refeitas. Ao que se via, esse seria um doce Novembro. Não pelo que ele havia trago ou destruído. Mas pela expectativa do que ele ainda poderia trazer e construir. 

Never too late to start..


20 comentários:

  1. Menina que bonito! Que deu em você?

    ResponderExcluir
  2. terminou com o namorado? brigou com uma amiga? foi demitida? tudo tem seu motivo para acontecer caca, fique bem =)

    ResponderExcluir
  3. Confie nos novos planos que a vida tem para você, e continue sepre lemrando das coisas boas

    ResponderExcluir
  4. Amei o texto Camila :3
    bjs
    anjodecereja.blogspot.com

    ResponderExcluir
  5. Lindo demais, arrepiei muito

    ResponderExcluir
  6. achei lindo caca

    ResponderExcluir
  7. lindo lindooo *--*

    ResponderExcluir