13.6.13

Texto: And words...

indie | Tumblr
Um mundo perfeito apenas com folhas e caneta. Hoje em dia é um ato comum, quando percebo já estou lá novamente brincando com as palavras. Brincar com palavras e frases faziam um mix de sensações boas e confortadoras. Estar aqui, ou lá, ou em qualquer lugar com tanto que estivesse escrevendo me acalmava. 

Agendas de anos passados, diários online, bloco de notas do celular, tudo isso e qualquer coisa que tivesse espaço para textos se tornavam vítimas da minha ''brincadeira'' de palavras. Por tantas vezes me encontrei sozinha, confusa, no qual não conseguia realizar outra coisa além de escrever.As palavras me confortavam, pra ser sincera já estava até intima delas,  e era nelas que eu havia encontrado meu maior refugio, minha maior distração e até um "ponto de paz". 

Naquele momento eu havia entendido, estava claro feito água. Era aquilo que queria para mim, a sensação de liberdade e de conquista tida  apenas com lápis e uma caneta. E confesso que a simplicidade da sensação também me chamava atenção. Era tão simples, fácil, prático.. e tão único.


Querendo ou não, tudo que escrevemos é para alguma pessoa. E sabendo que essa frase vai para a terceira pessoa eu sabia que não seguia isso a risca, meu único foco ali além de mim... Era eu mesma. Eles, elas ou simplesmente os outros não me intimidavam, apenas viravam personagens de alguns textos ou até ganhavam algumas dedicações.. Apenas. Seus elogios não me iludiam , me deixavam felizes claro mas nada que me arrancasse sorrisos, e suas criticas não me desmotivavam de parar com aquilo tudo, eram indiferentes.

 
Não conseguia ter um ponto de vista como os das outras pessoas, o que levantada duas questões; Ou eu era muito do contra, ou simplesmente era uma maquina de produzir textos . E o pior é que nenhuma das teorias me entristecia. Extremamente normal e perceptivelmente diferente, essa era/sou eu. Frases de fácil entendimento para mim se tornavam quase enigmas para terceiros, deixando maior ainda a questão dos meus diferentes pontos de vista. Mas era engraçado como ao fim desse debate e de qualquer coisa quer eu fosse fazer sempre terminava do mesmo jeito... Escrevendo. Escrevendo por escrever , para desabafar , para relatar ou simplesmente e somente escrevendo.




24 comentários:

  1. Que história linda , que texto lindo hahaha depois olha seu e-mail, te mandei um feed. Quero posts esse final de semana em

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Respondi o feed Rê!! hahaha teremos sim

      Excluir
  2. Adorei, começou a escrever com quantos aninhos?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Uns 12.. em seguida parei e voltei com 15.

      Excluir
  3. Amei o texto, você está escrevendo cada vez melhor Camila :3
    bjs
    anjodecereja.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Muuuuuuuuuuuuuuito obrigada Carlinha <3

      Excluir
  4. concordo, cada vez vc escreve mais lindamente kk

    ResponderExcluir
  5. Anastáciajunho 14, 2013

    Tb tenho amado seus textos mas sinto falta dos seus posts que sempre tem aquele ''tchan'' kkkkkk

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sinto saudade deles também, vou voltar a posta-los

      Excluir
  6. A nova bio está impecável!! Cami faz uns posts sobre vestibular..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Já estou pesquisando sobre esse tema, está na minha lista de posts que quero fazer. Aguarde! hahaha

      Excluir
  7. A bio está uma graça e o texto muito bonito

    ResponderExcluir
  8. Ahhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhhh cami que lindo ><

    ResponderExcluir
  9. Amanda Mirianejunho 15, 2013

    Camila foi você que fez o ombre hair do seu cabelo? Conta como fezz por favor, quero fazer no meu mas sem descolorir tanto
    O seu ficou um tom lindo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Foi simm!! Peguei pó descolorante e água oxigenada, acho que vol 4O e misturei. Joguei o cabelo pra frente e dei uma desfiada, deixei 6 minutos e passei algumas semanas usando creme de hidratação para cabelos tingidos, para realçar a cor. Fiiiiimmm hahahahah

      Excluir